Glúten e trigo são saudáveis?

Para responder a esta pergunta, segue uma ótima entrevista com o Dr. William Davis autor do best seller Wheat Belly “Barriga de Trigo”  concedida para o site Wellness Mama, que traduzimos.

William Davis é um cardiologista preventivo que possui uma abordagem única por meio, da dieta, que o permite reverter e não apenas prevenir as doenças cardíacas. 

Ele começou recomendando uma dieta livre de trigo aos seus pacientes, pois os produtos feitos com trigo elevam o açúcar na corrente sanguínea mais do que uma barra de chocolate tipo um Snickers ou Twix. Além da melhora nos níveis de açúcar no sangue, ele ficou surpreso ao ver que seus pacientes também experimentavam: perda de peso de 10 a 15kg ao longo de vários meses, tiveram melhora ou cura total da artrite, melhora na asma o suficiente para eliminar 2 a 3 inaladores, cura total do refluxo ácido e da síndrome do intestino irritável, desaparecimento do inchaço nas pernas e dormência delas. A maioria reportou um aumento na claridade mental, sono mais profundo e humores e emoções mais estáveis.

Entrevista com o Dr. Davis:

Como você chegou à conclusão de que o trigo é nocivo na sua forma atual?

Eu aprendi quão ruim o trigo era quando eu pedi aos meus pacientes cardíacos para removê-los da sua dieta.

Eu fiz isso porque 80% das pessoas que eu conhecia pela primeira vez eram diabéticos ou pré-diabéticos, situações que dobram ou triplicam os riscos de doenças cardíacas. Em um esforço para minimizar esta situação, eu apliquei um fato simples: duas fatias de pão integral aumentam o açúcar sanguíneo mais do que 6 colheres de açúcar, mais do que uma barra de chocolate Snickers ou Twix. (A maioria das pessoas não sabe que o índice glicêmico do pão integral está entre os mais altos de todos os alimentos).

Então, eu pedi que todo mundo removesse o trigo da sua dieta para observar os efeitos no açúcar sanguíneo. As pessoas voltavam depois de 3 a 6 meses e, de fato, seu açúcar sanguíneo e HbA1c (uma medida do açúcar sanguíneo 60 dias antes) estavam muito menores, até o ponto em que alguns diabéticos já não eram mais diabéticos. Mas as pessoas me contaram muito mais: elas perderam 15 quilos, perderam 10 centímetros da sua cintura, se sentiram muito melhores do que haviam se sentido nos últimos 20 anos com mais energia, menos mudanças de humor e sono profundo. Eles me disseram como experimentaram alivio total do refluxo gástrico, síndrome do intestino irritável, enxaquecas, artrite das mãos e dos dedos e dores nas juntas, sinusite e sinusites crônicas. Eles me disseram que sua artrite reumatóide estava tão melhor que eles estavam no processo de reduzir a medicação, a sua colite ulcerosa e doença de Crohn melhoraram tanto que não era mais necessária a medicação, os edemas nas pernas desapareceram e as coceiras /irritações foram embora.

No começo, eu ignorei, pensando que era pura coincidência. Mas os efeitos se tornaram tão freqüentes e consistentes que as conclusões se tornaram inevitáveis: o trigo era a causa principal de uma lista inacreditável de problemas de saúde e ganho de peso, e que sua eliminação era a chave para uma saúde surpreendente.

E note que as pessoas que cortaram o glúten da dieta não eram necessariamente sensíveis ao glúten, o trigo foi evitado por todas as pessoas, e foram raras as pessoas que não experimentaram no mínimo alguma melhora mensurável na saúde, senão uma transformação completa. Eu agora recomendo evitar completamente o trigo para todos os meus pacientes, assim como qualquer outra pessoa interessada em recuperar o controle da saúde e do peso.

Como o consumo de trigo está relacionado à saúde do coração?

O consumo de trigo causa doenças cardíacas. Não é o colesterol, não é a gordura saturada que está por trás da maior causa de morte nos americanos, é o trigo.

A comunidade nutricional tem sido culpada por seguir uma seqüência lógica falha: se algo não é bom para você (farinha branca processada) é substituído por algo menos ruim (grãos integrais) e há um benefícios para a saúde aparente, então um monte de coisa menos ruins para você são boas para você. Vamos aplicar isso à outra situação: se algo ruim para você – cigarros Camel sem filtro – é substituído por algo “menos ruim” – cigarros Salem filtrados – então a conclusão seria fumar muito dos cigarros Salem. A  próxima questão lógica deveria ser: quais seriam as conseqüências para a saúde da remoção completa? Só assim você pode observar os efeitos do grão integral vs nenhum grão… e pelo que eu testemunho todos os dias, você vê uma transformação completa na saúde.

O consumo de trigo, devido ao seu carboidrato único, amilopectina A, estimula a formação de partículas pequenas e densas de LDL, mais do que qualquer outro alimento comum. Partículas pequenas e densas de LDL são a maior causa de doenças cardíacas nos EUA. A maioria dos adultos hoje em dia possuem uma abundância de pequenas partículas de LDL porque eles foram ensinados a cortar a gordura e consumir “muitos grãos integrais saudáveis” . Esta situação de excesso de pequenas partículas LDL pode aparecer em um teste de colesterol convencional como altos níveis de colesterol LDL (“mau”), junto com baixos valores de colesterol HDL e triglicérides altos que freqüentemente levam ao uso de remédios a base de estatina. Quando um teste mais sofisticado de lipoproteínas é realizado, a explosão de pequenas partículas de LDL se torna óbvia.

Combine isso com o aumento de apetite disparado pela proteína gliadina no trigo, que age como um estimulante de apetite, e você irá ganhar peso. O peso ganho é geralmente no abdômen, na gordura visceral profunda que promove a inflamação, o que eu chamo de “barriga de trigo”. A gordura visceral da barriga de trigo é um foco de inflamação, enviando sinais inflamatórios para a corrente sanguínea e resultando no aumento do açúcar sanguíneo, pressão sanguínea e triglicérides, tudo contribuindo para o aumento do risco de doenças cardíacas.

Diga adeus ao trigo e as pequenas partículas de LDL, seguido por uma perda de peso pela gordura visceral (abdominal) da barriga de trigo. A inflamação diminui, o açúcar sanguíneo cai, a pressão sanguínea cai. Em resumo, a eliminação do trigo é um dos meios mais poderosos de reduzir o risco de doenças cardíacas.

Quais outras doenças você viu que estavam associadas com o consumo de trigo?

Uma lista mais curta seria a das doenças que não estão associadas com o consumo de trigo.

As conseqüências gastrointestinais do consumo de trigo incluem as doenças comuns como refluxo ácido e os sintomas da síndrome do intestino irritável, como gases, cólicas e diarréia. As pessoas com doenças intestinais inflamatórias como colite ulcerosa e doença de Crohn’s tiveram melhoras e, algumas vezes, alivio total das cólicas, dores, diarréias e sangramento.

Os efeitos no cérebro e no sistema nervoso vão de distúrbios de humor, como a depressão, passando por explosões de comportamento em crianças com déficit de atenção e hiperatividade e autismo, até o disparo de alucinações nas pessoas com esquizofrenia e mania nas pessoas com transtornos bipolares. O trigo também pode gerar danos diretos no cérebro e no sistema nervoso e aparece com uma condição chamada de ataxia cerebelar, a perda progressiva do equilibro e controle da bexiga, e neuropatia periférica, a perda do sentido, usualmente nos pés e nas pernas. Um grupo de pesquisas britânico, por exemplo, descobriu que 50% das neuropatia periférica sem explicação podem ser justificadas pelo consumo de trigo. Também há a recente descrição detalhada da encefalopatia do glúten, ou demência pelo glúten, como chamada pela Mayo Clinic, onde o diagnóstico é feito geralmente na autópsia.

Dores nas juntas e inchaço são acompanhamentos comuns do consumo de trigo. As formas mais comuns envolvem o pulso e os dedos. Outros experimentam o alívio de dores nas costas e nos quadris ao eliminar o trigo, especialmente se há perda de gordura no abdômen, já que a barriga serve como um depósito para a inflamação, perca a barriga de trigo, a inflamação vai embora.

Problemas de pele comumente melhoram ou desaparecem com a eliminação do trigo. Problemas comuns como acne melhoram, assim como uma longa lista (suficiente para encher quatro paginas) outros problemas de pele, de granuloma anular,, a dermatite alérgica a gangrena.

Da cabeça aos pés, não há sistema no corpo que não seja afetado pelo consumo de trigo.

Quais são as coisas mais importantes para se entender no que diz respeito ao consumo de trigo?

Eu acredito que um dos aspectos mais cruciais da conversa sobre o trigo, para que as pessoas entendam é que a proteína gliadina no trigo age como um estimulante do apetite. As pessoas que consomem a proteína gliadina no trigo consomem, em média, 400 calorias a mais por dia.As pessoas que eliminam a proteína gliadina com o trigo consomem 400 calorias a menos por dia, mesmo se calorias, gramas de gordura ou tamanho das porções não é restrita.

Eu acho que este fato tem sido usado como uma vantagem pelas grandes empresas de alimentos. Ponha farinha de trigo, e por conseqüência gliadina, em todos os produtos que puder, você aumenta o apetite, aumenta o consumo, aumenta as vendas. Eu acredito que isto explica porque a farinha de trigo pode ser encontrada nos lugares mais improváveis, como sopa de tomate e alcaçuz.

A proteína gliadina no trigo exerce este efeito no cérebro humano porque é rebaixado para um grupo de compostos chamados de exorfinas, ou compostos exógenos similares as morfina; estes efeitos podem ser bloqueados com administração de drogas que bloqueiam os opióides. Sim, o efeito do estimulo de apetite pode ser completamente desabilitado pelas mesmas drogas que os viciados em heroína tomam para bloquear seu efeito. Os estudos com voluntários têm demonstrado que as pessoas que receberam remédios que bloqueavam o efeito opióide tiveram um desejo muito reduzido por bolos, cupcakes e bolachas. Uma empresa farmacêutica fez um pedido no começo de 2011 para o remédio naltrextona para a perda de peso; nos estudos clínicos, a naltrextona teve sucesso, com os pacientes perdendo 10 quilos, por mês, ao reduzir o consumo calórico em 400 calorias por dia.

Enquanto o trigo continuar a fazer parte da sua dieta, você não terá o controle completo sobre os seus impulsos e a fome. O consumo de calorias é maior, especialmente para os alimentos com carboidratos. O peso se acumula, particularmente ao redor da cintura. Elimine o trigo, e você terá o controle fisiológico normal sobre a fome.

Se uma pessoa decide eliminar o trigo, ela, deve procurar alternativas “sem glúten” ou qual o tipo de dieta que você considera melhor?

Primeiro, eu acredito que nós devemos retornar aos alimentos reais, não processados, sempre que possível. Isso significa consumir vegetais, nozes e oleaginosas cruas, carnes, peixes, ovos (incluindo as gemas), queijos, óleos saudáveis como azeite de oliva extra virgem e óleo de coco.Eu não acredito que nos devemos contra ou limitar calorias, principalmente se nos eliminamos o estimulante de apetite mais potente, o trigo. Se você sente falta de coisas assadas (bolos, pães) eu forneço boas receitas no livro barriga de trigo, assim como no blog barriga de trigo. Estas receitas de cookies de chocolate e cheeskace, por exemplo, são livres de trigo, quase livres de açúcar, baixas em carboidratos e são geralmente saudáveis o suficiente para consumir a qualquer hora sem nenhuma conseqüência para a saúde como ganho de peso ou inchaço.

Eu recomendo fortemente que as pessoas evitem produtos comerciais livres de glúten. Isso porque, no lugar da farinha de trigo, estes produtos como o pão integral sem glúten, são feitos usando farinha de milho, farinha de arroz e farinha de batata. Estas farinhas em pó estão entre os poucos alimentos que aumentam o açúcar sanguíneo ainda mais que o trigo integral. Isso significa que estes alimentos geram um aumento de peso no abdômen (barriga sem glúten), aumentam o açúcar sanguíneos, a resistência a insulina, diabetes, catarata e artrite. Eles NÃO são uma boa substituição ao trigo.

Ok, agora uma pergunta difícil… Você pode nos dar uma explicação de 10 a 15 segundos que nos ajude a explicar porque evitar o trigo entre nossos amigos e parentes?

Claro. O publico Americano precisa estar ciente que a indústria de agroalimentos tem te enganado. Eles aprenderam a usar este cavalo de tróia, o trigo, guardando a sua proteína escondida, a gliadina, para aumentar o apetite.

O trigo é um opióide fraco. Consuma trigo, você vai querer mais trigo, mais carboidratos. A gliadina do trigo é convertida em exorfinas, compostos similares a morfina que podem ser bloqueados com remédios bloqueadores de ópio.

Ainda pior, nos somos aconselhados por nossas próprias agencias do governo como a USDA e agencia ser serviços humanos e de saúde que os grãos integrais são bons para nos e nos deveríamos comer mais. Consuma mais “trigos integrais saudáveis” , nós comemos mais, nós ganhamos peso, nós obtemos todas as conseqüências para a saúde e peso como hipertensão, colesterol alto, artrite, refluxo acido e diabetes. As empresas de alimentos ganham dinheiro, as empresas farmacêuticas ganham dinheiro, nós todos pagamos o preço.

A epidemia de diabetes e obesidade tem posto a culpa em nós. Dizem-nos que somos obesos e diabéticos porque comemos demais e somos preguiçosos. Eu não acredito nisso. Eu acredito que a maioria dos americanos são conscientes da sua saúde e tentam fazer pelo menos, algum exercício. Eu não acredito que nós somos diferente, por exemplo, das pessoas dos anos 50 ou 60. Eu acho que nós fomos levados a culpar a nós mesmos, enquanto todo esse tempo, grande parte da culpa deveria ser deste produto corrupto gerado pelas pesquisas genéticas, propagado pela agroindústria e colocado em uso em busca do lucro.

fonte : http://primalbrasil.com.br/comer-trigo-e-saudavel/?utm_campaign=2_da_primeira_semana_de_fev_-_duplicado&utm_medium=email&utm_source=RD+Station

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Corpo com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s